.

falando

Escrito por uma menina que lê até bula de remédio e escreve até em papel higiênico.
Editado por um menino que pensa muito e faz pouco, mas quando faz, não espere menos que a perfeição.

twittando

    Siga-me no Twitter

    Disseram que sou "coloridinha, mas legal"!!! Disseram que sou cor-de-rosa!!! Eu sou DESIGNER, e só!!! Tá bom, com certas gamas de magenta, eu admito... Mas de DESIGN esse blog ainda não tem muito, mas tem o dedinho dele... Atualmente, caloura de JORNALISMO, porque nunca é tarde para realizar os sonhos de sua vida.

    domingo, 6 de dezembro de 2009

    Mengão Hexa Campeão Brasileiro, com Raça, Amor e Paixão!!!

    Murilo, já na BabyFla, aprendendo que pra ser Flamenguista tem que ter coração forte...

    Hoje o Murilo passou o dia virando e revirando, achei melhor um banhozinho de piscina pra relaxar... ou ele já está torcendo desde cedo ou apenas sentindo a ansiedade da mamãe...


    Essa semana foi marcada pelo clima de oba, oba em relação a provável facilidade que o Flamengo supostamente teria em levar o Hexa do Brasileirão... Nunca gostei de cantar vitória antes do tempo, achei que os garotos do Grêmio viriam correndo e jogando tudo, cheios de gás, talvez a fim de entrar para a história... O Jogo começou assim, o Mengão apático e Grêmio abriu o placar, ótimo!!!

    Todo flamenguista sabe que com o mais querido tem que ser na Raça, com muita luta, na base do milagre... E assim é muito mais gostoso. Sinceramente, acreditei muito mais no Título depois do gol do Grêmio do que há 2 horas, quanto tudo parecia muito fácil.

    Com 20 minutos do segundo tempo, 1x1 no placar, o título é do Inter, uma tragédia... o Flamengo já perdeu gol de tudo que foi jeito, mas se não há vitória sem luta, meu palpite é simples: "vai começar a festa..."

    sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

    Voltamos a série: peru de fora também dá peruada...

    Resposta para uma discussão no grupo de emails da faculdade que não frequento mais...
    Muito prazer, MINK, Flamenguista sim, por amor, não por imposição, muito menos por convencimento. Não sou freqüentadora [adoro o trema, não consigo me livrar dele] assídua do Maracanã por uma infinidade de motivos, lamento, mas não sou menos torcedora por isso.
    Sou Flamenguista por que sinto orgulho do meu Clube, mesmo que o time de futebol não seja dos melhores em alguns momentos, porque fico arrepiada ao ver o show da torcida que é indescritível, porque me emociono ao ouvir o hino e muito mais ao ouvi-lo declamado, como a BandNewsFm fez com o Boechat e o Ruy Castro, ouvi vários, nenhum tem o mesmo poder de encantamento, não pra mim.
    Não sou flamenguista doente, sou saudável, graças a Deus, não digo que é o melhor time do mundo quando sei que não é, mas quando dizemos que o Mengão é Raça, Amor e Paixão, não se trata da repetição robótica de um refrão, é porque temos mais de 100 anos de fatos concretos que provam isso.
    O Flamengo tem um poder inexplicável de causar amor ou ódio, acredito que no Rio existem 2 torcidas, há quem torça pelo Flamengo e há quem torça contra, não importa que camisa vista. E isso sempre vi, os torcedores de vasco, botafogo, fluminense, américa, bangu.... não conseguem torcer pelo flamengo, nem que seus times dependam disso... Na verdade, acho que quando se torce por um time rival pelo benefício do seu, é mais do que justificado, você só está torcendo por resultados que beneficiam seu time, não há mal nenhum nisso, mesmo assim, sei que um vascaíno não é capaz de torcer - sinceramente - pelo flamengo, ainda que fosse para o vasco não descer para segunda divisão ou ser campeão mundial.
    Tenho uma amiga que é tricolor fanática, já torci pelo Fluminense por ela, ela jamais torceria pelo flamengo nem por ela mesma, quanto mais por outra pessoa, ela jamais esboçaria um mínimo sorriso ou me parabenizaria por uma vitória do meu time, ela é assim, e todos os outros torcedores não flamenguistas também. Não sei se é inveja, recalque, se é de praxe sentimento puro ou maléfico... um velho ditado diz que "o prego que se destaca é sempre o mais martelado", se o Flamengo é o mais querido, é também o mais odiado, acho que as outras torcidas aprendem a odiar o Flamengo assim como funcionários insatisfeitos aprendem a odiar o chefe e às vezes até os satisfeitos... um movimento natural.
    Não sou flamenguista só no futebol, torço pelo basquete, pela ginástica [quando existia de fato], pela peteca, até por aquela corrida de carros que levam os escudos dos principais times do mundo, a "Fórmula Super Liga", nem sei se vocês conhecem, mas do Brasil só tem o Flamengo e o Corinthians, se é por serem os maiores, os mais amados, as maiores torcidas ou por pura jogada de marketing, não importa, pra mim vale as cores do Mengão, representados em qualquer lugar, em qualquer competição.
    Por outro lado, não tenho problema nenhum com os outros times, não vou dizer que torci para o Vasco ser rebaixado, assim como não torci para ele voltar à 1ª divisão, pouco me importa... também não torci contra nos casos do Fluminense e Botafogo, não pelo simples fato de ficar muito feliz com a desgraça alheia... acho que esses times mereceram, assim como acho que esse ano o Fluminense não merece e torço que eles não caiam.
    Confesso que torci pelo fluminense contra a LDU, simplesmente porque acho que eles mereciam, aliás esse time do fluminense que está disputando o segundo turno tem tanta raça que parece até o Flamengo. Não é o mesmo time do início, embora vistam a mesma camisa, e isso é incrível no futebol. A gente torce pela camisa, mas depende de quem a veste e, muitas vezes, o infeliz não merece... Acho que é daí que vem a fidelidade do torcedor sincero, independente de quem os gênios cartolas enfiam no nosso uniforme, torcemos pelo escudo e até aprendemos a amar e admirar os personagens, mesmo que hoje em dia a paixão deles pelos clubes seja tão efêmera... Confesso que quando o Adriano chegou eu torci o nariz, achei que o Ronaldo no Corinthians era uma fraude e o Adriano seria aqui também, já no Pet levei fé, mesmo todo mundo chamando ele de vovô... e olha no que deu, adoro ver os comentaristas de futebol dando o braço a torcer que criticaram duramente a contratação dos 2... Já no ano passado o Flamengo começou muito bem o campeonato, no meio do caminho venderam todo mundo e não deu em nada. O grande problema é esse, o esporte é apaixonante, mas ainda temos que contar com a manipulação de grandes somas de dinheiro, o que não permite que nada nesse mundo seja puro e sincero. De qualquer forma, sigo acreditando no encantamento do futebol e na delícia de torcer e saber que impossível mesmo, nada é, no futebol, aquela máxima da “caixinha de surpresas” tem todo fundamento. Não posso dizer que é impossível o Flamengo perder do Grêmio, lembro bem das dores do Santo André ou do América do México... domingo passado, às 16h, todo mundo achava impossível o São Paulo perder de 4 do Goiás. Ainda assim, acredito no Título e que o Bruno não vai culpar a torcida pela super hiper mega festa no Maraca... E se o Adriano não ficar bom do pé, que aquele irresponsável queimou fazendo peripécias de moto e teve a cara de pau e dizer que chutou a luminária do jardim [com o calcanhar?!], se o Andrade infartar na véspera, se o Grêmio vier com o time principal e jogar com tudo, ou se rolar qualquer tragédia, eu vou acreditar mais ainda, porque é assim que o Flamengo é, muito melhor, quanto mais difícil a empreitada.
    De fato, preferia que o Vasco tivesse na primeira divisão no mesmo ano que o Flamengo fosse campeão, porque já ouvi torcedor ter a audácia de dizer que o Flamengo só será campeão pq o Vasco não tava no Campeonato, quer dizer, não na elite. Ok, é com essa insanidade que não me conformo, como alguém acha que seu time que, de tão ruim, nem está na competição impediria outro time de ganhar essa mesma competição, não importa o escudo, é incoerente, pra mim é irracional. E é com argumentos irracionais que me irrito. O argumento vale agora para o caso do Grêmio, todos falam como se o Grêmio fosse o 2º colocado, fosse imbatível fora de casa e – ainda assim – dissesse que ia entregar o jogo pro Flamengo. Não acho que é por aí, acho que o Grêmio tá longe de ser um time assustador no próximo domingo, ainda assim, preferia que viessem com a vida em risco, lutando contra o rebaixamento, ou até pelo título, que jogassem de igual pra igual, assim uma vitória do Mengão teria muito mais sabor, ainda acredito que o Flamengo só funciona bem na raça, com muita adversidade e nenhuma moleza. Como flamenguista, detesto esse clima de já ganhou, isso é coisa para o São Paulo, com a arrogância que lhe é peculiar... Acreditei muito mais nesse título depois daquele jogo lamentável contra o Goiás do que no intervalo, depois da derrota do São Paulo, quanto tudo parecia fácil. De qualquer forma, todos os anti-flamenguistas sempre encontraram argumentos para tentar diminuir qualquer glória do Mais Querido, sempre foi assim e sempre será.
    Futebol, como religião, não se discute, corre-se o risco de perder amigos e/ou parecer um idiota com argumentos fanáticos e incoerentes... Mas, como uma mãe sempre defende sua cria, quem ama incondicionalmente, sempre vai defender sua paixão.
    “Eu – realmente – teria um desgosto profundo se faltasse o Flamengo no Mundo” Mas fico feliz que também existam “os outros”, são eles que dão maior brilho e força para o meu Mengão. Por favor, sequem, torçam contra, riam... essa energia nos faz muito bem quando revertida em garra e disposição. E tenho dito =]

    domingo, 29 de novembro de 2009

    Dá-lhe dá-lhe dá-lhe ôôô... Mengão do meu coração!!!



    Dizem que grávidas não devem ter fortes emoções... é verdade, mas o que posso fazer se meu coração Rubro-Negro não me permite?! Ainda mais nesse Campeonato Brasileiro de enlouquecer...

    Semana passada tudo parecia fácil pro Mengão e no fim do dia veio a decepção... mas o Flamengo é assim, só funciona na Raça e quando tudo parece está dando errado... Quando o Adriano anunciou que tava fora do jogo, voltei a creditar no título, o Goiás passou de carrasco a parceiro em 7 dias e aqui estamos nós... Sinceramente, prefiro que aconteça mais alguma coisa "errada" pra que eu tenha certeza da vitória!!! E que o grêmio seja "homem"e mande o primeiro, pelo amor de Deus!!!

    Clique aqui para ouvir a bela homenagem da Band News Fm - O Hino do Flamengo declamado na voz de Ricardo Boechat e Ruy Castro =]

    domingo, 22 de novembro de 2009

    Tudo bem que Flamengo é Raça, Amor e Paixão... mas haja coração pra aguentar...


    Eu, na qualidade de grávida consciente, deveria evitar ao máximo grandes tensões, descargas de adrenalina... mas vai dizer isso para o meu coração Rubro-Negro em fim de campeonato brasileiro, com Flamengo a 2 pontos do arrogante e mariquinha São Paulo?!? Juro que não dá pra ser zen nessas horas...


    Assistir um vídeo de apoio da Nação Rubro-Negra é mais que emocionante!

    Assistir à homenagem do patrocinador ao Dia do Flamengo é lindo!

    E quem estiver se roendo de inveja que me perdoe, mas "uma vez Flamengo, sempre Flamengo..."

    Vamos Mengão, que o Murilo já quer nascer Hexa!!!

    quarta-feira, 18 de novembro de 2009

    19° Encontro Nacional de Gestação e Parto Natural Conscientes


    Para ver o cartaz do encontro, clique no link

    Olá Pessoinhas...

    Desde adolescente, eu sempre achei interessante a ideia do parto na água, era a única referência visual que tinha na qual o bebê não nascia chorando, aos berros e se contorcendo, pelo contrário, ele saia nadando tranquilo e feliz... Sempre achei lindo, embora não tivesse nenhuma informação concreta a respeito, nem mesmo sabia se este tipo de parto era possível ou em que circunstâncias ocorria.

    Pois bem, pouco depois de me descobrir grávida, no início deste ano, minha prima Claudia me emprestou, com muito carinho, mas talvez despretensiosamente, um livro chamado "Meditações para Gestantes" cuja autora é identificada como Fadynha. Na ocasião, ela me disse que esta mulher trabalhava há muitos anos com gestantes, oferecia cursos e palestras, além de aulas de Yoga especificamente para grávidas. Li o livro e me encantei, não só com o trabalho totalmente voltado para uma gestação tranquila e feliz, tanto quanto possível, que eu - particularmente - acho indispensável para saúde do bebê e da mãe, como com as dicas naturais, caseiras, simples e eficazes, que englobam todas as etapas da gravidez, até o pós-parto.

    Embora minha obstetra seja minha médica há mais de 10 anos e me conheça muito bem, são tantas dúvidas e perguntas que surgem nessa época, que quanto mais informações tivermos, melhor... Eu sou a favor de conhecermos as mais variadas possibilidades, só assim seremos capazes de escolher o que é melhor para nós e nossa família, ainda mais quando se trata de um bebê que estamos gerando e que vamos cuidar desde sempre. Fiz questão de ir conhecer pessoalmente o Instituto Aurora, já fizemos o curso de Cuidados com o Bebê [com enfoque naturalista], muito interessante, por sinal, e me matriculei nas aulas de Yoga para Gestantes. Já havia feito Yoga há anos e conheço o poder que esta sabedoria milenar tem sobre nosso bem estar físico e mental.

    Acima do peso, com problemas nos 2 joelhos e na lombar, desde antes da gestação, sabia que precisava me cuidar para não ficar uma grávida imóvel e cheia de dores. Além das sessões de fisioterapia e massagem, ambas feitas por grandes amigas e excelentes profissionais que tem mãos mágicas, investi no Yoga e é realmente um ótimo negócio. Além das práticas, as aulas incluem 30 minutos de teoria sobre a gestação, os bebê, cuidados com o corpo, preparação para o parto e muitas outras informações valiosas, além daquela troca de figurinhas normal entre mulheres, ainda mais estando todas na mesma situação...

    Além dos cursos e palestras que ocorrem no Instituto, anualmente participam da realização de um Encontro sobre temas ligados ao parto humanizado, natural e consciente.

    Para quem está grávida, pensa em engravidar ou conhece alguém nesta situação, espero que as informações sejam úteis...

    Beijinhos***
    MINK

    Parteiras internacionais contarão suas experiências de sucesso no Encontro Nacional de Gestação e Parto Natural Conscientes

    Evento acontece nos dias 20, 21 e 22 deste mês na UniRio

    “Cesarianas desnecessárias: um problema de saúde pública” e “Os segredos da mulher: liberando bloqueios para bem parir” são alguns temas do 19º Encontro de Gestação e Parto Natural Conscientes. O evento acontece nos dias 20, 21 e 22 de novembro, na UniRio. Médicos, psicólogos e diversos profissionais de saúde, do Brasil e do exterior, estarão nos debates, que este ano têm como lema “Nascer com Simplicidade: um ritual de passagem”.

    Um dos destaques é a participação de Naolí Vinaver, parteira mexicana especializada em parto domiciliar. Naoli tem três filhos nascidos em casa e há 20 anos trabalha com mulheres de todos os níveis econômicos e sociais.

    A décima nona edição do encontro, que já se tornou referência no país, tem dois grandes objetivos: diminuir consideravelmente o número de cesarianas desnecessárias no país e, principalmente, reduzir a morbi-mortalidade materna e infantil. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam uma realidade que precisa ser mudada. A OMS recomenda que o índice de cesárea seja entre 10 e 15%, mas o real percentual do Brasil chega a 84,5% na rede privada. Por isso, é essencial a mobilização de todos os envolvidos no assunto, como os casais grávidos e os profissionais de saúde.

    Além das palestras, estão programadas oficinas e trabalhos corporais como Shantala (massagem oriental para bebês) e Yoga para gestantes, coordenadas pela professora Fadynha, idealizadora e organizadora do evento. Programação completa e inscrições em www.partonatural.com.br

    Sobre a Fadynha

    Há 31 anos, Maria de Lourdes da Silva Teixeira, a Fadynha, prepara casais grávidos com método próprio de Yoga. Também foi a responsável pela introdução da Shantala (massagem oriental para bebês) no Brasil.

    Além de promover o Encontro Nacional de Gestação e Parto Natural Conscientes, é membro fundadora da ReHuNa (Rede de Humanização do Parto e Nascimento). Criou também um método próprio de Yoga pós-parto. É autora do livro e CD “Meditações para Gestantes - o guia para uma gravidez saudável, plena e feliz”, da Editora Ground.

    Pioneira no trabalho de Doula (acompanhante de parto profissional), já presenciou centenas de partos particulares, domiciliares, hospitalares e não-hospitalares, dando assistência à grávida no trabalho de parto com técnicas do yoga, respiração, cromoterapia, do-in, moxabustão, musicoterapia, hidroterapia, florais, fitoterapia e outras técnicas não farmacológicas que se fizerem necessárias no momento.

    Fadynha é fundadora e presidente da ANDO (Associação Nacional de Doulas) e autora do primeiro livro de doulas no Brasil: “A Doula no Parto”, publicado pela Ed. Ground em 2003. Em 2005, publicou pela mesma editora o livro “Yoga para Gestantes”.

    Mais Informações: (21) 2556-2455 / 9861-3675 / 8176-4404

    segunda-feira, 9 de novembro de 2009

    É Nóis no Google Wave!!!!

    Graças ao Twitter, ao Blog Caro Leitor e ao mundo digitalmente globalizado, eu ganhei um convite para o GoogleWave da Rosana Hermann [@rosana]. Agora resta saber como usá-lo =]





    Para quem ainda não está familiarizado, o Google Wave é o mais novo serviço da Google, ainda limitadíssimo a convidados [daí o convite está valendo um dinheiro no Mercado negro, digo, Livre] e que pretende englobar todos os outros serviços da empresa, como Gmail, Docs, Maps, Youtube, etc, etc, etc... Tô me achando de estrear no serviço, embora mais perdida que cego em tiroteio... :o) Acho que vou precisar de ajuda do oráculo, só o tradutor do Google não dá conta.


    quarta-feira, 14 de outubro de 2009

    Imagine ver o Maraca inteiro, num jogo do Mengão, com essa definição...



    É lindo demais...

    No Blog D´Ale Mengão, patrocinado pelos postos Ale, assim como o time, uma justa e linda homenagem ao mais querido do Brasil... a Foto de mais 1 milhão de megapixels, ou simplesmente "gigapanorâmica" do Maraca inteiro. Se for ao h=jogo escondido, cuidado, você pode ser flagrado.

    "MILHÕES DE PIXELS PARA HOMENAGEAR A MAIOR TORCIDA DO BRASIL
    09/10/2009

    No dia 20 de janeiro de 2009, o fotógrafo americano David Bergman impressionou o mundo com uma foto panorâmica da posse de Barack Obama. Com mais de um milhão de megapixels, a imagem permite uma aproximação incrível e a descoberta de cada um dos rostos que testemunharam o momento histórico.
    Orgulhosa de estar patrocinando "o mais amado do Brasil", a ALE resolveu se utilizar dessa fascinante tecnologia para homenagear os milhões de apaixonados que compõem a maior
    torcida do país e do mundo.
    Nos próximos jogos do Mengão, serão produzidas e postadas aqui fotos gigapanorâmicas do estádio. Vá torcer e depois venha ao ALE.com.br conferir como ficou o seu grito de gol e a performance dos seus amigos. Tudo isso registrado com a mesma pompa - e resolução - da posse do Obama."


    sexta-feira, 2 de outubro de 2009

    Rio 2016, viva esta paixão!!!


    Daqui a menos de 1 hora este post vai ser ultrapassado. A Internet é assim mesmo, tudo é imediato, tudo acontece na hora e fica velho em instantes...

    Neste momento, o COI sabe o resultado, nós vivemos - apenas - a expectativa: Madri ou Rio?!? De fato, de todas as canditadas, essas eram as únicas pelas quais eu seria capaz de torcer, logicamente 99% pela minha querida Cidade Maravilhosa e 1% pela bela capital espanhola que tive o prazer de conhecer e também amo de paixão.

    Seria capaz de juntar toda fé que ainda me resta para depositá-la na máxima de que as Olímpiadas trarão sim, muitos benefícios para o Rio e para o esporte nacional, muito mais que os famosos desvios de verbas e corrupções que nos acostumamos a ver, mas com os quais não nos conformamos. Acredito que as Olímpiadas aqui possam ser tornar um marco da virada do Rio, voltando a ser a melhor cidade do mundo para se viver, passear e amar.


    Clipe 1 e Clipe 2 da canditatura, no mínimo emocionante =]

    quarta-feira, 16 de setembro de 2009

    Novo Perfil do Orkut, que não coube lá... =]

    Numa bela manhã de terça-feira você acorda, como em todas as outras manhãs comuns de terça-feira, você levanta, escova os dentes, toma um rápido banho frio e prepara o café da manhã. Ele levanta, segue o mesmo padrão e dali a alguns momentos estarão juntos à mesa, para compartilhar o desjejum... mas esta não é uma manhã de terça-feira qualquer, trata-se do dia 9 de junho de 2009 e as coisas estão prestes a mudar, drasticamente.

    Ainda à mesa, você olha para o pão, ele olha pra você e – de repente – rola um clima, não um clima romântico, um clima hostil, você sente que naquele momento perdeu a capacidade de comer aquele pão, um misto-quente comum, feito por você, nada demais, porém comê-lo parece a tarefa mais difícil que já lhe foi imposta. Cada mordida leva uma eternidade perambulando entre língua e dentes e saliva e mucosas e nada de seguir o caminho natural... Você sente que metade já seria difícil demais e, gentilmente, oferece a outra metade pra ele, enquanto ainda está quente. Ele olha fixamente pra você, misturando espanto e curiosidade diante daquele gesto inusitado e comenta vagamente: “como é que a gente faz pra saber se você está grávida?”

    Após 1 longo segundo de reflexão, você responde algo do tipo: “grávida acho que não estou, mas tem alguma coisa estranha...” Durante o percurso até o trabalho você pensa e repensa, calculando as possibilidades, lentamente, algumas lembranças vão se encaixando. Náuseas matinais são comuns desde que você se lembra de ser “gente”, mas nunca foram fortes o suficiente para impedi-la de comer... Vocês não estão tentando engravidar, pelo contrário, estão evitando, mas cá entre nós... não evitando completamente. Na hora do almoço do dia anterior, você comentou com uma amiga que estava enjoada, tudo bem que você é “enjoada por natureza”, mas ela cogitou que você estivesse grávida, naquele tom sarcástico que a maioria das pessoas usam quando qualquer mulher se diz enjoada, só que com um pouquinho mais de ênfase na possibilidade de ser um fato. Num outro instante, lembra-se que seus seios andam doloridos há dias e que você andava achando que esta TPM estava demorando demais... tenta calcular datas e começa a perceber que alguma visita mensal não apareceu ultimamente... Tenta se lembrar dos últimos exames que fez, todos recentes, se preparando para um contraceptivo implantável que substituiria o que retirou ano passado. Afinal, um bebê pode estar nos planos para 2013, logo após o término da nova faculdade e o implante tem efeito exatamente por 4 anos (podendo ser retirado a qualquer momento), as datas estariam dentro do previsto.

    Ainda no caminho, ainda calculando possibilidades, você entra numa farmácia para comprar aquela vacina que a médica receitou há mais de 1 semana e você não encontra em lugar nenhum, eis que o simpático balconista, além de lhe informar o melhor preço para o medicamento e afirmar que o mesmo estava disponível, ao lhe entregar a caixa questiona, num comportamento puramente profissional: “a sra. não está grávida, não é?!” Por uma fração de segundo você quer matá-lo por chamá-la de senhora, logo em seguida você pensa que deve ser uma conspiração internacional, para só depois pensar que não pode responder aquela pergunta indiscreta com um sonoro “nããããooooo”, sem que lhe reste alguma dúvida. Por via das dúvidas, levando em conta sua quase fobia de algum dia tomar um remédio não recomendado para grávidas e prejudicar a formação de um bebê, ainda que sem saber, você desembolsa mais R$ 12,00 num teste de farmácia.

    Agora, suas lembranças levam às dezenas de testes como esses que já fez, todas as vezes que o seu ciclo menstrual, que jamais foi regular, resolvia atrasar mais de 2 dias e como ria de si mesma em todas as vezes que aparecia apenas 1 tracinho azul na fitinha. O mais hilário era que, bastava fazer o teste, que seu organismo se ajustava e tudo voltava ao normal. Bem, esse seria mais um desses testes, mas o custo deve valer a consciência tranqüila pra tomar a tal vacina...

    Chegando ao trabalho, é possível esquecer todos os outros assuntos diante de um mega projeto que deve ser encaminhado para Comunidade Européia no dia seguinte, alguns ânimos estão exaltados e o trabalho é intenso. Já passa da hora do almoço quando suas amigas insistem e você, novamente, comenta que está enjoada, de repente vem à sua memória o café da amanhã e os comentários do dia anterior, antes mesmo que sua lembrança se complete, o comentário se repete, desta vez seguido de um complemento, lembrando que a chefe pode enfartar diante de uma notícia desse tipo em meio ao quase inexistente prazo para terminar o projeto. Você apenas ri e pega a bolsa que esconde o ingênuo teste que pode tirar aquela dúvida em 3 minutos. Seu último pensamento: “talvez a indústria farmacêutica mereça seu crédito, eles não são tão maus assim...”

    Mesmo “enjoadinha”, você sente uma fome diferente do comum e almoça normalmente. Em seguida, segue para o ritual diário de visita ao banheiro da empresa para escovar os dentes, por algum motivo oculto, ele está mais calmo que o normal neste horário e então lembra-se do pacotinho na sua bolsa, esta deve ser uma boa hora... Já faz algum tempo que não vê um desses, mas talvez ainda lembre as instruções de cabeça, “ops, 2 linhas, o normal não é 1, ou seriam 2... melhor ler as instruções” A bula diz que, se em 3 minutos, aparecerem 2 traços azuis o resultado é positivo. Como assim 3 minutos?! Não levou nem 3 segundos, apareceram 2 traços, 2 traços são positivos, o resultado é positivo, ou seja, você está grávida! Dizem que estes testes não são confiáveis. Como uma fitinha de R$ 12,00 pode ter uma resposta tão significativa?! A quem está tentando enganar?! Sua médica sempre disse que estes testes de farmácia não dão falso positivo, podem até dar negativo e está errado, mas se der positivo, é “batata”.

    Batata?! Humm... acho que tem alguém com desejo de comer batata frita. Terra chamando... hora de voltar ao trabalho, ao projeto com prazo esgotado, mas antes uma ligadinha pro pai, ele deve ser o primeiro a saber.

    Você: - Sabe, depois do que você falou de manhã, comprei um teste na farmácia...

    Ele: - E...

    V: - E... que fiz agora, depois do almoço...

    E: - E...

    V: - E... que deu positivo!

    E: - E...

    V: - E... nada... era só pra você saber.

    E: - Tá tudo bem?!

    V: - Tá, vou trabalhar, depois vou pra faculdade, te vejo à noite.

    E: - - Tá tudo bem?!

    V: - Tá, beijo..........

    Vamos pensar friamente, se você entrar naquela sala agora e disser alguma coisa desse tipo, as meninas vão dar uma festa, mas lá se vai a concentração plena no projeto, além do mais, nada é certo ainda, melhor fazer um exame de sangue pra garantir, e se for alarme falso?! Você está se sentindo grávida?! Como é que se sente uma grávida?! É melhor esperar o resultado definitivo, dizem que é melhor não espalhar a notícia até o 3º mês, isso deve ser uma superstição idiota, como eu consigo falar com a minha mãe, a mais de 3.000 Km daqui, com aquele celular que não funciona... E o meu pai, ele acabou de me dar um irmãozinho, vai achar que fiquei com inveja... E, não tinha pensado nisso, até alguns meses eu era filha única, agora se eu tiver um filho, ele vai ter um tio por parte de mãe... Será que tomei algum remédio nas últimas semanas?! E, o que faço com a vacina?! Acho que vou ligar pra minha médica, ou será melhor ir lá pessoalmente, se eu ligar alguém daqui pode ouvir, acho que vou mandar um email... Legal ter uma médica informatizada!

    Voltando ao trabalho, com cara de paisagem, é hora de concentrar plenamente no projeto, o tempo é mais que curto e a vida segue seu rumo, e como segue... à noite, no caminho da faculdade, você encontra uma farmácia e resolve comprar um segundo teste, sabe como é, por via das dúvidas. Deixa pra fazer só quando chegar em casa e não comenta com ninguém, mas começa a pensar que – talvez – o futuro daquele curso seja incerto. NO seu banheiro, já tarde da noite, você vê – novamente – os 2 tracinhos azuis, haja batata! Pra garantir, se é que ainda precisa de alguma garantia, planeja fazer um exame de sangue.

    Quarta-feira, 10 de junho de 2009, o Dia D no trabalho, prazo final. Você chega cedo, pois pegou uma carona com sua chefe, deixa a bolsa na sala, ela sai para ver o chefe maior e você para procurar o laboratório de análises clínicas, afinal isso é ou não é um hospital?! Na resposta ao email, sua médica lhe deu os parabéns: “até que enfim, depois de mais de 8 anos acertaram o alvo! Estou super feliz :o)” Isso que dá ser paciente da mesma ginecologista/obstetra desde a adolescência... Disse, também, que se você preferisse, podia fazer o Beta-HCG [exame de sangue que comprova a gravidez] em qualquer laboratório, antes mesmo de ir à consulta na próxima segunda. Você não perde tempo, mas ao chegar ao laboratório, 3 andares abaixo da sua sala, no prédio ao lado, é informada que precisa de um pedido médico. Você argumenta que só verá sua médica na próxima semana e a atendente dá um sorriso simpático: “no corredor ao lado, você pode pedir a qualquer médico, eles lhe dão na hora... afinal, isso é um hospital”. Por trabalhar na parte administrativa, às vezes você esquece desse detalhe. Na primeira porta, após virar o corredor, você encontra uma recepção, explica a situação à moça que lhe atende e ela prontamente diz que o Dr. Flamarion pode lhe dar o pedido, basta esperar ele terminar um atendimento. Enquanto você pensa quantas vezes já ouviu esse nome, mas não conhece o médico pessoalmente, a mocinha, empolgada, lhe enche de perguntas, ela quer saber como você está se sentindo, se já estava tentando engravidar, o que o pai está achando, se você prefere menino ou menina, se já tem nome, se tem outros filhos... por alguns instantes você calcula quantas e quantas vezes deverá ouvir as mesmas perguntas, caso seja confirmado. Por mais contas que você faça, jamais será capaz de mensurar este número.

    O famoso Dr. Flamarion não entende muito bem quando a recepcionista entra com você na sala dizendo apenas “essa moça precisa de um pedido de exame, o Sr. poderia ajudá-la?!” Ele quer saber que exame, quem é esta paciente que não está marcada, como foi parar ali... [só alguns meses depois você descobre que ele é um reumatologista :o)] Com 2 ou 3 frases você explica que é funcionária mas não trabalha na área de saúde, que fez um teste de farmácia no dia anterior e deu positivo, que não tem acesso à sua médica nos próximos dias, mas precisa do pedido para fazer o Beta-HCG no laboratório da casa e... Ok, ele está satisfeito e super feliz, repete metade das perguntas da atendente, lhe felicita e, prontamente, lhe dá o pedido, na guia da Unimed, claro, melhor impossível. Você sai pensando como é impressionante a reação animada das pessoas, que jamais lhe viram antes, apenas ao se comentar a possibilidade de gravidez. E como todos acreditam no teste de farmácia, a indústria farmacêutica deve mesmo merecer algum crédito.

    A reação das funcionárias do laboratório não é diferente, fazem uma verdadeira festa regada a uma enxurrada de perguntas. Deve ser o nosso instinto natural de luta pela sobrevivência da espécie que nos leva a comemorar cada novo integrante que vem ao mundo =] Soraia, que parece ser a chefe da recepção, lhe promete o resultado para o meio-dia, pelo telefone, pois o laudo mesmo só depois do feriadão. Ok, tudo que você precisa é uma resposta, ou melhor, uma certeza. A essa altura sua chefe já ligou querendo saber onde você se meteu e você, com a mesma cara de paisagem do dia anterior, responde que está fazendo um exame e já vai subir. Embora não goste do argumento que omitir não é mentir, lembra-se que a situação já está tensa demais para notícias bombásticas, o prazo para envio do super projeto, inacabado, expira em algumas horas, vamos ao trabalho.

    Parece que o relógio vai marcar 3h da tarde antes de dá meio-dia, você tenta se concentrar apenas no computador a sua frente e acaba nem vendo a hora passar, de repente, um sono incontrolável toma sua alma, mesmo com toda adrenalina correndo nas veias, você chaga cochilar. Um pensamento: “adrenalina não deve fazer bem para um possível feto, melhor eu relaxar e seja o que Deus quiser”. Desta vez não está tão enjoada quanto antes e almoça rapidamente no restaurante da empresa, pensando na possibilidade de uma daquelas atendentes tão empolgadas chegarem perguntando se deu positivo, suas amigas não entenderiam nada, seria um saia justíssima... Felizmente, não acontece. Outro pensamento: “Espero que elas me perdoem por não ter contado imediatamente, mas é por uma boa causa, eu acho”. Após a parada, você tem alguns minutos sozinha e resolve ligar para o laboratório. Soraia saiu para o almoço [ainda bem que não estava no restaurante] e não tem nenhum resultado no seu nome, mas a simpática mocinha do outro lado da linha pergunta que tipo de exame. Igualmente as outras, ela muda até o tom de voz ao ouvir que é um teste de gravidez, neste caso, pede que aguarde pois ela vai ligar para central e lhe dará a reposta em instantes. A voz ao telefone retorna com um sorriso ainda mais efusivo: “meus parabéns, deu positivo, você vai ser mamãe!” Ok, definitivamente, como uma grávida deve se sentir?! Tão confusa assim?! Prece: “Eu espero, do fundo da minha alma, que toda mulher grávida fique feliz ao receber a notícia, do contrário, ela poderia ter ímpetos assassinos contra as atendentes, recepcionistas e afins”...

    O plano é simples: você passa o resto do dia no auge da pressão para terminar o projeto junto com a equipe, sem comentar nada. É provável que trabalhem até às 9h da noite, já que o material deve ser enviado pelo Correio e vocês descobriram que a agência do Rio Sul fica aberta até às 22h. No dia seguinte começa o feriado prolongado, serão 4 dias de descanso e você terá muiiito tempo pra pensar nos milhões de mudanças que ocorrerão daqui pra frente. Novas ideias, planos, medos, experiências, histórias, dúvidas, certezas... de repente, tudo parece mais intenso e forte e você não está nem um pouco triste por isso.

    Enfim, uma única certeza: sua vida jamais será a mesma. E isso é muito legal!

    segunda-feira, 10 de agosto de 2009

    Neste mundo nada se cria...


    Recebi como um cartão de Dia dos Pais da equipe da ExpoMoney, quase um spam, mas achei tão lindo que resolvi dividir com todos...

    sexta-feira, 7 de agosto de 2009

    Lá sem o segundo "histórico"...


    De acordo com o G1: Durante um segundo, nesta sexta-feira (7), a combinação de hora e data em relógios e calendários vai resultar em uma sequência curiosa: 123456789. O momento "histórico" vai acontecer às 12h34m56s - o dia 7, o mês 8 e o ano terminado em 09 se encarregam de completar a sequência.
    Essa coincidência de números, que só voltará a acontecer daqui a 100 anos, em 2109, já foi comemorada um mês antes em países como o Estados Unidos, que utiliza um padrão de data diferente do brasileiro, com o mês registrado antes do dia. No Brasil, o horário será registrado três vezes, nos diferentes fusos.
    Na internet, usuários se organizam em serviços como Facebook, YouTube e Twitter para marcar a data e registrar suas atividades durante o segundo exato da sequência numérica.

    Em fevereiro deste ano, outro número "cabalístico" mobilizou internautas no mundo todo. Foi em uma sexta-feira 13 comemorada por "nerds" e programadores ao redor do mundo como o "dia 1234567890". O número era resultado da contagem feita em "Hora Unix", mecanismo dos sistemas baseados em Unix - incluindo as diversas versões de Linux - que conta os segundos desde 1º de janeiro de 1970.

    Será que mundo vai acabar?! Será que podemos mudar o mundo em um segundo?! =]

    sexta-feira, 31 de julho de 2009

    Grandes verdades...

    Dizem que o melhor em Niterói é a vista do Rio... Sinceramente, Acredito!!!


    Vista do Rio a partir da Ponte Rio-Niterói

    Vista do Rio a partir da Praia de Icaraí

    Fotinhos tiradas de dentro do carro, com o celular que não existe mais... Imagina se fossem com uma câmera profissional =]


    quarta-feira, 15 de julho de 2009

    Pão de Açúcar, a decepção...

    [senta que lá vem a história]:

    Recebi 2 primas da Paraíba no fim de semana. Estavam em São Paulo para um congresso e deram um pulinho aqui no Rio, bem corrido para quem não conhece a Cidade, como no caso de uma delas, mas sempre vale a pena matar a saudade e conhecer belas paisagens. Fomos ao Pão de Açúcar no domingo à tarde, enquanto eu estava numa fila especial para pegar o desconto do programa "Carioca Maravilha" (acho que essa palavra tá na moda, né?!), onde moradores do Rio ganham 50%, minhas primas entraram na fila da bilheteria e compraram os 2 ingressos delas normalmente (R$ 44,00 cada, pagos em dinheiro), 1 minuto depois, eu - com o cupom de desconto na mão - cheguei na bilheteria e fui informada que o bondinho estava parado temporariamente por causa do mau tempo.


    De fato, eram 3h da tarde e estava uma ventania louca. Resolvemos esperar um pouco, pois as nuvens pareciam se dissipar e poderiam retomar os serviços a qualquer momento. Voltei à bilheteria umas 3 vezes e a funcionária só dizia que não tinha nenhuma previsão, os bondinhos continuavam a subir e descer, segundo ela, só para trazer o pessoal que estava lá em cima (o primeiro que subiu após a paralisação tinha várias pessoas, acho que deveriam ser as que compraram pouco antes de mim, pois até o cara da minha frente na fila comprou, parou em mim mesmo, digno de Lei de Murphy.

    Após cerca de 40 minutos, depois de ver incontáveis turistas sozinhos, famílias e caravanas de todas as idades, de todos os lugares do mundo saírem muito decepcionados com o não funcionamento do bondinho, notei o péssimo atendimento oferecido pelos funcionários e percebi que nenhum guia mais experiente se dispunha a esperar. Comecei a ponderar a desistência do passeio.

    Bem, o céu limpou, o vento parou, podíamos ver que mesmo lá em cima as árvores não se agitavam mais como no momento que chegamos, abriu até um solzinho, as pessoas que desciam (muitas) não reclamavam de nada, nem de vento, nem de frio, nem do carro ter balançado... e nada do serviço voltar. Às 16h resolvemos desistir, após 1h de espera, voltei calmamente à bilheteria e a funcionária me informou que não iria devolver o dinheiro dos 2 ingressos comprados, pois o serviço ainda poderia voltar até o horário de encerramento (19:30h), embora não houvesse nenhuma previsão para isso.

    "Ok, respira, você deve ter entendido errado, você não vai ser obrigada a ficar aqui até às 19:30h pra saber se sobe no escuro (ok, acho a vista lindíssima à noite, mas ela não sabia disso), faltando 30 minutos para o encerramento ou se, só aí, receberão o dinheiro e estarão liberados...

    Como alguns ainda tinham esperança de liberarem a subida logo e estávamos com pena da minha prima que nunca veio ao Rio ir embora sem conhecer o Pão de Açúcar, decidimos esperar um pouco mais. Comentei o que a funcionária disse sobre não devolver o dinheiro assim que eu pedisse e sim no fim do horário e alguém riu, não acreditou, eu repeti e ele disse que era só chamar a polícia, eu respondi que ele podia começar a chamar, mas que eu não estava a fim de me estressar... E estava mesmo fazendo muita força pra isso não acontecer. Mas ele podia ir até lá e falar com a funcionária (um poço de má vontade, por sinal) o que não fez e decidimos continuar esperando... Mais 30 minutos e nada do serviço voltar, nada de previsão...

    Estávamos nos aproximando das 17h e comecei a pensar: se não tinham liberado até então, com sol e nenhum vento aparente, não ia ser após o escurecer que liberariam, já tínhamos pegado um puta vento quando chegamos e tanto eu como uma de minhas primas estávamos com uma baita dor de cabeça, o melhor era ir embora mesmo. Nisso, a que comprou os ingressos, foi direto no guichê que havia comprado (não quis que eu fosse, disse que iria resolver e que eu não podia me estressar, não faria bem para o bebê), falou com o funcionário que não podia esperar mais, queria o dinheiro e volta, e ele "gentilmente" disse: "volte outro dia e use esses ingressos". Ela, calmamente, respondeu que estava indo embora do Rio naquela noite, não tinha como voltar outro dia (além do que, está muito claro que o ingresso só vale na data da compra, ele não ofereceu nenhum comprovante ou documento extra, aposto que se ela concordasse, saísse e voltasse lá segunda-feira com aquele ingresso ninguém iria aceitá-lo). Ele repetiu que não devolveriam o dinheiro e saiu do guichê, assim como o outro funcionário do guichê ao lado, ficando apenas a moça que agora fingia não ouvir ninguém. Vi de longe que tinham saído e fui ver o que ocorrera, ela me contou sem graça, como se ela tivesse fazendo algo errado, disse que podíamos ir, não tinha problema... ai que ódio, não dá para um ser humano não se revoltar nem com toda meditação do mundo.

    Procurei em todos os cantos algum cartaz nesse sentido, em nenhum lugar estava informando que o serviço estava parado, eles já devem fazer isso de propósito para não configurar prova contra eles. Encontrei um aviso que dizia algo do tipo "em caso de más condições climáticas ou técnicas devolveremos apenas o dinheiro referente ao trajeto não percorrido", bem, se não saímos do chão, então eles devem devolver o valor integral, outro aviso dizia "em caso de condições climáticas que acarretem má visibilidade não devolveremos o dinheiro", este não era o caso. Fotografei tudo e resolvemos que teríamos que falar com algum superior, mas não havia mais um funcionário na bilheteria a quem pudesse pedir pra falar com gerente ou supervisor... Mais um tempo de espera e o "simpático" que vendeu os ingressos voltou, me olhou com um sorrisinho de canto de boca e eu disse, ainda muito educadamente e respirando fundo que não queríamos arrumar nenhuma confusão, não estava pedindo favor nenhum, apenas o nosso direito e que, inclusive, estava escrito no cartaz ao lado, gostaria de falar com um superior, queria o dinheiro de volta naquele momento. Ele nos mandou descer aqui, virar ali e entrar numa portinha pelo lado de fora, depois ficou rindo, achei mesmo que não havia a tal portinha...

    Lá estava a pequena porta que nos levou a uma recepção até bem arrumadinha e um recepcionista um pouco mais educado, explicamos tudo e ele pediu que aguardássemos, entrou para uma área separada por um daqueles espelhos de delegacia. Alguém comentou que parecia mesmo uma delegacia, cheia de câmeras e com vidro espelhado, não devia ser um bom lugar. Ouvimos a voz do rapaz, Wallace, fazendo várias ligações procurando por um tal supervisor chamado "Lula", só podia ser irritante, como esse nome. Após alguns minutos ele retornou e explicou que para a devolução precisavam da autorização desse supervisor que estava lá em cima em algum lugar e estava difícil contactá-lo. Ok, acatamos a explicação e continuamos aguardando, nada como um pouco de gentileza e atenção. Logo o tal Lula foi encontrado, devia estar em genebra ou na Itália, sei lá... :o), autorizou a devolução sem questionar e o recepcionista disse que poderíamos voltar a bilheteria e pegar o dinheiro com o Wilson. Era outro funcionário que já estava esperando para nos atender, devolveu o valor integral, pediu desculpas pelo transtorno, disse que estava difícil contactar o supervisor etc... Se alguém tivesse me dito isso da primeira vez que comentei sobre a devolução todo o estresse teria sido evitado, mas parece que má vontade e falta de educação é um quesito primordial para certos funcionários.

    A quantidade de turistas de todos os cantos que chegava na maior empolgação e recebia apenas um sinal negativo feito com as mãos, sem nenhuma explicação detalhada, a moça nem falava outra língua, no máximo dizia que estava parado e as pessoas viam os bondinhos subirem e descerem, e não entendiam, algumas simplesmente sentavam e esperavam outras ficavam com cara de "pegadinha", os guias ficavam tentando obter alguma informação mais precisa, sem sucesso. Brasileiros, em geral, grudavam na bilheteria e faziam mil perguntas, ficavam tentando dar um "jeitinho", que coisa irritante. Não tinha uma placa, um aviso, nada, apenas a cara de tédio da funcionária do guichê 1. Já fui ao Pão de Açúcar mil vezes, nunca vi nada parecido, imagina a imagem que passam do Rio, e não é um serviço barato, pelo menos pra quem ganha em real.

    Fiquei pensando nas centenas de pessoas que vem de todos os lugares com o pacote comprado para conhecer o famoso Pão de Açúcar. Ok, as condições do tempo estão no nível do imponderável, não temos controle sobre ele. Algo que deveria ser um passeio lindo e divertido pode tornar-se uma frustração, de fato, mas pode tornar-se até mesmo um pesadelo pela simples incompetência do atendimento.

    Ainda na fila, ouvi um senhor relatar que tinha ido ao Corcovado e caiu uma árvore no meio do caminho do trenzinho e ele teve que voltar4, aí foi ao Pão de Açúcar e deu com a cara na porta.

    Aff, saí de perto dele rapidinho, estava até me sentindo sortuda depois dessa =]

    segunda-feira, 13 de julho de 2009

    Gato vai 'preso' após voltar atacar cão nos EUA

    De acordo com G1: Felino chamado 'Hoppy' ficou em observação em centro de animais. Russ King disse que gato atacou seu cão de estimação, um maltês, com arranhões.


    Se eles conhecessem o meu gato e o estrago que ele é capaz de fazer, eram capazes de sentenciá-lo ao corredor da morte :-O

    Até que existe alguma semelhança física entre ambos, mas o meu só fica dentro de casa, assim só ataca aos donos :-S


    segunda-feira, 6 de julho de 2009

    Polêmica pouca é bobagem...

    "Michael Jackson será enterrado antes do seu funeral, diz TV..."


    Como assim, Bial?! Já estão até chamando o funeral de "homenagem pública", porque funeral antes do enterro é meio louco demais, não é não?!

    De acordo com o Wikipedia, Funeral é a cerimônia, religiosa ou não, tradicionalmente adotada para a despedida de um ente querido logo após sua morte. Terminado o funeral, o caixão com o corpo é enterrado ou cremado.



    Outro contra-senso foi a distribuição de ingressos via Internet, por sorteio. Há quem diga que foram quase 500 milhões de inscrições, se cada um doasse 1 dólar, podiam dobrar a fortuna do astro. Números mais modestos são os da BBC, que contabilizam quase 2 milhões de fãs desesperados por 1 dos menos de 18 mil pares de convites disponibilizados para o estádio onde será realizado o funeral (ou homenagem pública, como queiram).

    A questão é: se a princípio as inscrições estavam limitadas a moradores de Los Angeles e depois aos habitantes do país, cedendo a pressão de fãs internacionais, os organizadores disponibilizaram as inscrições para todos os seres humanos que povoam a Terra. Conclusão: pipocam casos como o de brasileiros que foram sorteados, mas não tem condições de ir a Los Angeles acompanhar o funeral ao vivo, e o que é pior, deixaram fãs que poderiam ir de fora da festa. Alguns disseram que conseguiram doar o ingresso a quem pudesse ir, outros apenas acham graça da situação, alegando que não esperavam ganhar...

    Queria ver se fosse sorteio pra tomar injeção letal se alguém ia se inscrever por curiosidade :-S

    Fonte: G1

    sábado, 4 de julho de 2009

    Desculpem o termo, mas isso que é ficar com o "Cú na mão"

    Pobre italianinha... isso que dá querer o maiô mais moderno do mundo. Ele é mais leve, mais veloz, aumenta o desempenho do atleta e... rasga!!! Estou pra ver maior propaganda negativa, deve ter sido boicote dos concorrentes.


    De acordo com o GloboEsporte.com, a nadadora Flavia Zocca teve que deixar a competição e saiu da piscina chorando :-S

    Se usasse os maiôs da Tia Zuleika duvido que ficasse na mão assim :o)


    sexta-feira, 3 de julho de 2009

    Nova camisa do Flamengo - Futebol


    O patrocínio agora é da Olympikus, logicamente mudaram tudo... quer dizer, deram uma bossa na gola pra parecer diferente.


    Cá entre nós, eu preferia a última, só com o símbolo da Nike no peito e nada no corpo, só o número atrás, linda!!! Mas não vendia, só na Uruguaiana mesmo :-(

    A pergunta da vez: será que foi por causa do novo modelito que o Adriano não quis aparecer no treino, de novo??? :o)

    domingo, 28 de junho de 2009

    Flamengo Campeão 2009 do Novo Basquete Brasil - NBB

    Jogo lá, jogo cá, mas não deu pro Brasília... E no melhor de 5 o Mengão é Campeão Brasileiro de Basquete 2009!!!



    Quem quiser que curta sua dor de cotovelo... é lindo ver o Mengão levantar a taça e o show da torcida, é um espetáculo à parte =]


    Ano passado foi lá na casa do adversário, desta vez foi aqui na Arena da Barra, mas a festa é sempre garantida!!


    Quem é rubro-negro veste a camisa do Clube, seja qual for o esporte!

    Valeu Mengão!!!

    sábado, 27 de junho de 2009

    A piada é velha mas é boa =]

    Moral da História: cuidado com o que você deseja... mesmo que seja vencer um desafio

    quinta-feira, 25 de junho de 2009

    Michael Jackson sofre parada cardíaca e morre em Los Angeles aos 50 anos

    Da Redação do UOL
    O cantor e compositor Michael Jackson, 50, morreu na tarde desta quinta-feira (25), após sofrer uma parada cardíaca em sua casa, em Los Angeles. Segundo o jornal "Los Angeles Times", os médicos do hospital da Universidade da Califórnia confirmaram a morte do cantor, que teria chegado ao local em coma profundo.

    De acordo com o jornal, Jackson não estava respirando quando os paramédicos chegaram a sua residência, em Holmby Hills, por volta das 12h20 (horário local). Michael recebeu uma massagem cardiopulmonar ainda na ambulância e seguiu direto ao hospital da Universidade da Califórnia, que fica a dois minutos da casa do cantor.

    [Ainda não há confirmação oficial, mas a o assunto tá bombando no twitter e na Internet em geral G1 e CNN não confirmam, porém já estampam notícia na capa. Aos poucos a notícia vai se consolidando]

    É feio mas é nosso...


    Seleção Brasileira está na final da Copa das Confederações! As zebras foram todas gastas ontem [vide EUA 2 x Espanha 0]

    Confesso que o misto de sufoco que o Brasil estava passando no fim do jogo com a chegada do fim do espediente e a possibilidade de perder a carona pra casa, além daquele barulho enlouquecedor das cornetas sulafrinas me fizeram desistir dos últimos 5 minutos de Brasil x África do Sul. Antes de sair, deixei um recadinho: "vou me retirar para o Barsil fazer o gol".

    Bem que eu estava sentindo um certo friozinho no pé =] Não que eu acredite que uma certa ação de um certo ser humano tenha o poder de mudar algo lá do outro lado do planeta, mas quando dar certo é tão legal.


    Está aí, o jogador é horroroso, fazendo careta, então, é o capeta do avesso... mas é nosso, assim como o gol. Melhor que ser gato como os italianos e está assistindo em casa. =]

    sábado, 20 de junho de 2009

    Em definitivo, Roberto Justus troca Record por SBT!!!

    Mais uma notícia que o G1 não mostra...

    De acordo com a coluna Famosidades, do msn... Putz, nem sabia que existia isso =]
    Na madrugada de hoje, Roberto Justus assinou o contrato de 4 anos com o SBT na casa de Silvio Santos.

    "A contratação com Justus confirma os boatos de que, em represália a proposta feita pela Record para Gugu Liberato, Sílvio estava de olho no marido de Ticiane Pinheiro e ainda em Eliana."

    Pausa para perguta: vamos ficar órfãos do Aprendiz??? Vou fazer greve de fome agora mesmo =]
    Ops... piadinha :o)

    terça-feira, 16 de junho de 2009

    sexta-feira, 12 de junho de 2009

    O que é MINK???


    Um bichinho peludo e fofo que é cruelmente assassinado para a confecção de casacos de pele???




    Uma espécie de Rã???

    segunda-feira, 8 de junho de 2009

    Em bom português: Exterminador do Futuro 4, a Salvação.

    Pra quem gosta de ação...

    Pra quem gosta de muita ação...

    Pra quem gosta de efeitos especiais...


    Pra quem gosta de muitos efeitos especiais...

    E até para quem só quer ver 2 gatinhos malvados =]

    Se é pra ver, que seja no cinema! No mínimo, vale a lembrança dos anos 80 :o)

    sexta-feira, 5 de junho de 2009

    Última imagem do AirBus da AirFrance...

    Post Globalizado

    Vi no Twitter o link de um site japonês


    Nele, encontrei vários Blçogs do mundo inteiro e a foto de uma menininha linda.

    Não sei de quem é, nem a fonte, mas gotei, estou replicando =]

    quinta-feira, 4 de junho de 2009

    Vem aí o Google Wave...

    ... mais uma ferramenta da família Google para dominar o mundo!


    Se você ainda não ouviu falar, pode fazer a nota mental: não vai demorar muito para não ouvir outra coisa. Ontem foi Orkut, hoje é Twitter, amanhã é o Google Wave integrando todo mundo.

    Para assistir ao vídeo de apresentação [em inglês] clique aqui

    quarta-feira, 3 de junho de 2009

    Cadê aqueles vascaínos animados que tanto riam...

    ...quando Mengão saiu da Copa do Brasil???


    Estão todos calados e escondidos, perderam para o fofômeno, ainda sem ritmo de jogo, memso assim deu uma canseira em alguns zageuris... num joguinho sem sal. 


    Estão fora, fora, fora, fora da Copa do Brasil... aposto o que quiserem que, a partir de amanhã, a Copa do Brasil passa a não ter a menor importância enquanto competição na boca dos vascaínos, enquantos há 3 semanas parecia a competição mais importante do planeta.

    Não há nada como um dia após o outro... Já disse que sou corinthiana desde criancinha??? =]

    segunda-feira, 1 de junho de 2009

    O Imperador voltou!!!

    Segundo o site GloboEsporte.com:

    O retorno do Imperador: gol, bons passes e fôlego para atuar os 90 minutos

    Adriano surpreende e joga toda a partida contra o Atlético-PR. Maioria das boas jogadas ofensivas do Fla passaram pelo Imperador



    Confesso que não esperava tanto. Se é sorte de estreante ou puro talento, só o tempo vai dizer, mas que foi lindo, isso foi!!! 

    Mengão 2 x 1 no placar, vasco perdeu na segundona, onde foram mesmo, aqueles que me zuavam??? Pobrecitos...

    sábado, 30 de maio de 2009

    Erro no twitter...

    clique para ampliar
    Pelo menos o Blog está sempre aqui, firme e forte =]

    E eu só queria entrar no twitter pra comentar que a Susan Boyle perdeu.

    Mas em se tratando de um programa de TV onde os anônimos vão em busca da fama, qual o conceito de perder? Se ela virou celebridade instantânea no mundo inteiro e os ganhadores são completos desconhecidos??? Talvez perder a chance de cantar para rainha seja algo muito valioso para os britânicos ;o)




    Responda rápido: o que é isso???

    a) uma mistura de gato com canguru

    b) uma mistura de gato com canguru jogando PS II
    c) um gato dando língua
    d) um gato dando língua e jogando PSII
    e) uma mistura de gato com canguru dando língua e jogando PSII
    f) um gatinho indefeso com uma dona cruel
    g) N.R.A.

    Em tempo...
    Créditos da imagem: foto da June/Nath com a câmera da Mink =]
    Não, eu não roubei na internet :-P



    Este blog está sob uma Licença Creative Commons.
    design: Michelle - desenvolvimento: sagui

    besteirinhas

    Melhor do que passar 3 horas no engarrafamento, é ouvir: "eles deviam servir porções de batata frita e calabresa, chopp na caneca zero grau e vir vestidos como garçon..."

    filosofando

    • Mesmo que os livros, ou as pessoas digam que um trecho de código não funciona, experimente. (Marcio)

    quem disse?!

    • Trabalho é tudo aquilo que você faz na hora em que gostaria de estar fazendo outra coisa. (sabedoria popular)
    • Se você colocar dois designers dentro de uma sala para discutir sobre um determinado assunto, não se espante se você ouvir três opniões diferentes. (Sei lá)
    • A única maneira de conservar a saúde é comer o que não se quer, beber o que não se gosta e fazer aquilo que se preferiria não fazer. (Mark Twain)

    passado

    olhando

    procurando

    perfil